free website hit counter

AJUDE - AÇÕES


JOGOS ONLINE - GRÁTIS - JOGUE E CONCORRA A BRINDES EM DÓLAR

Qual seu Estado ? Cidade:

FREDERICO WESTPHALEN - RIO GRANDE DO SUL

Soma Das Riquezas Do Rn Tem Queda De 2 Em 2015


Fonte: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/soma-das-riquezas-do-rn-tem-queda-de-2-em-2015/397345


Voltar

Soma das riquezas do RN tem queda de 2% em 2015 - Tribuna do Norte Menu Buscar Destaques: Soma das riquezas do RN tem queda de 2% em 2015 Publicação: 2017-11-17 00:00:00 | Comentários: 0 A+ A- O ano que marcou o início da pior diminuição da atividade econômica da história recente do Brasil fez a soma de todas as riquezas produzidas no Rio Grande do Norte cair 2,0%. Em 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) potiguar alcançou R$ 57,2 bilhões – representando 1% do PIB brasileiro, o quinto na região Nordeste e o 18º em comparação com os demais estados brasileiros. Os dados compõem o estudo Contas Regionais, divulgados nesta quinta-feira, 16, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Parques eólicos que entraram em operação ao longo de 2015 minimizaram efeitos da queda do PIB saiba maisApesar da queda, o percentual estadual foi menor que o nordestino (-3,4%) e que o nacional (-3,5%). Do Valor Adicionado de R$ 51,1 bilhões, o Setor Agropecuário participou com 3,2%. As quedas mais acentuadas foram nos segmentos lavoura temporária (milho e feijão) em decorrência do período de seca e nas lavouras permanentes (banana e castanha de caju) em razão da queda na produtividade, no caso da banana, e da seca em relação a castanha de caju.O Setor Industrial contribuiu com 21% do valor adicionado do estado. Neste setor, ocorreu retração na Indústria Extrativa (redução no preço do petróleo) e na Indústria de Transformação (têxtil,vestuário e bebidas – retração no mercado consumidor). Em contrapartida, foi observado expansão na geração e distribuição de energia, água e gás em decorrência do expressivo crescimento na geração de energia eólica.O Setor Serviços representou 75,8% do valor adicionado da economia estadual. Excluindo a Administração Pública que participou com 29,0%, o Comércio, Atividades Imobiliárias e Serviços Financeiros são as principais atividades no setor. Vale salientar que o Comércio é a principal atividade da economia do Rio Grande do Norte contribuindo com 13,5% do Valor Adicionado Estadual. Neste segmento, ocorreu redução no comércio varejista e atacadista.BrasilTodos os estados brasileiros registraram queda no Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas os bens e serviços produzidos no país) em 2015. Pela primeira vez, a queda foi registrada em todas as unidades da Federação desde o início da série histórica em 2002. Em 2015, o PIB nacional caiu 3,5%.Os dados divulgados pelo IBGE indicam que no mesmo ano, apenas cinco estados responderam por 64,7% do PIB nacional: São Paulo, com 32,4%; Rio de Janeiro (11%); Minas Gerais (8,7%); Rio Grande do Sul (6,4%); e Paraná (6,3%). Juntos, no entanto, eles tiveram a participação encolhida no total da economia brasileira em 0,2 ponto percentual, em relação a 2014.“Os estados que tiveram melhor resultado foram bastante influenciados pela agropecuária. O que pesou negativamente foi a indústria de transformação, o comércio e a construção civil. Todas essas atividades tiveram quedas expressivas”, disse o gerente das Contas Regionais, Frederico Cunha.Principais variaçõesEletricidade, água e esgoto: 11,4%Informação e Comunicação: 5,2%Serviços domésticos: 3,5%Atividades profissionais: 2,8%Pecuária: 0,9%Administração: 0,5%Atividades financeiras: 0%Atividades imobiliárias: -0,3%Produção florestal, pescas e aquicultura: -1%Educação e saúde privada: -1%Indústrias extrativas: -3%Alojamento e alimentação: -4%Indústria de transformação: -5%Transporte, armazenagem e correio: -5,7%Comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas: -6,5%Construção: -7,4%Artes, cultura e esportes: -8,8%Agricultura: -10,3%Fonte: IBGE continuar lendo leia também: Deixe seu comentário! Seu nome Seu email Seu comentário Enviar Comentário Comentários + blogs + colunas Tribuna do norte Pesquisar Opinião Política Geral TN Família Viver Economia Esportes Natal © 1950 - 2017. Copyright. Todos os direitos reservados a Empresa Jo
... ++ Mais

TAGS:

Soma riquezas queda 2015 Tribuna Norte Menu Buscar Destaques: Soma riquezas queda 2015 Publicação: 2017-11-17 00:00:00 Comentários: marcou início pior diminuição atividade econômica história recente Brasil soma todas riquezas produzidas Grande Norte cair 20%. 2015 Produto Interno Bruto (PIB) potiguar alcançou bilhões representando brasileiro quinto região Nordeste 18º comparação demais estados brasileiros. dados compõem estudo Contas Regionais divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro Geografia Estatística (IBGE). Parques eólicos entraram operação longo 2015 minimizaram efeitos queda saiba maisApesar queda percentual estadual menor nordestino (-34%) nacional (-35%). Valor Adicionado bilhões Setor Agropecuário participou 32%. quedas mais acentuadas foram segmentos lavoura temporária (milho feijão) decorrência período seca lavouras permanentes (banana castanha caju) razão queda produtividade caso banana seca relação castanha caju.O Setor Industrial contribuiu valor adicionado

HTML Box Comentário está carregando comentários ...