free website hit counter

AJUDE - AÇÕES


JOGOS ONLINE - GRÁTIS - JOGUE E CONCORRA A BRINDES EM DÓLAR

Qual seu Estado ? Cidade:

FREDERICO WESTPHALEN - RIO GRANDE DO SUL

Pela Primeira Vez Economia De Todos Os Estados Encolhe Em 2015


Fonte: https://oglobo.globo.com/economia/pela-primeira-vez-economia-de-todos-os-estados-encolhe-em-2015-22074611


Voltar

Pela primeira vez, economia de todos os estados encolhe, em 2015 - Jornal O Globo Home menu Economia Economia Ir para a página Assuntos em Destaque Aéreas oferecem troca de voos para quem for afetado por greve na Argentina União Europeia abre investigação contra Ikea por causa de impostos Publicidade Em destaque Pela primeira vez, economia de todos os estados encolhe, em 2015 IBGE mostra que o primeiro ano da recessão levou nove unidades da federação a ter queda maior do que o recuo total do PIB brasileiro nesse ano, que foi de 3,5% por Daiane Costa 16/11/2017 11:42 / Atualizado 16/11/2017 15:52 Cédulas de real - Pixabay Publicidade RIO - O primeiro ano de recessão, 2015, quando a economia brasileira encolheu 3,5%, não poupou a atividade de nenhum estado brasileiro. De acordo com dados divulgados pelas Contas Regionais do IBGE nesta quinta-feira, pela primeira vez na série histórica da pesquisa, iniciada em 2002, houve queda no volume do PIB de todas as unidades da federação em 2015. Mato Grosso do Sul (-0,3%), Roraima (-0,3%) e Tocantins (-0,4%) tiveram as menores quedas, enquanto Amapá (-5,5%), Amazonas (-5,4%) e Rio Grande do Sul (-4,6%) tiveram as reduções mais acentuadas. A atividade do Rio de Janeiro encolheu 2,8%. Nove estados tiveram queda maior do que 3,5%, ou seja, acima do resultado geral para o país naquele ano: Maranhão, São Paulo, Pernambuco, Santa Catarina, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Amazonas e Amapá. - É uma queda de 3,5% da economia brasileira que se espalha por todas as unidades da federação. Esse resultado, que é inédito em toda a série da pesquisa, ocorre em função de todas essas atividades que são importantes nas economias desses estados como indústria, comércio e construção, e que tiveram quedas acentuadas - disse Frederico Cunha, gerente de Contas Regionais do IBGE. O IBGE destacou que boa parte do resultado não tão ruim da economia sul-mato-grossense deve-se ao desempenho positivo da agropecuária no estado, que expandiu 10,1%. Amapá, Amazonas, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás, que tiveram quedas maiores do que o resultado geral para o país, tiveram contribuição importante das atividades dos setores de indústria e serviços, que também recuaram. Cinco estados concentram 64,7% do PIBOs cinco estados com maior participação no PIB do país em 2015 (São Paulo (32,4%), Rio de Janeiro (11,0%), Minas Gerais (8,7%), Rio Grande do Sul (6,4%) e Paraná (6,3%)) concentravam 64,7% da economia brasileira, 0,2 pontos percentuais menos do que em 2014. Essa redução deveu-se sobretudo a Rio de Janeiro e Minas Gerais, que registraram queda na participação. O RJ, teve a maior queda nesse sentido, de 0,6 pontos percentuais. Publicidade O Paraná foi o estado que ganhou mais participação entre 2014 e 2015, com 0,3 pontos percentuais., seguido por Bahia, São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul, com 0,2 pontos cada um. Não houve alteração na posição das maiores economias do país entre 2014 e 2015. Elas seguem sendo, nessa ordem: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Distrito Federal, Goiás e Pernambuco. O PIB do Brasil em 2015 foi de R$ 5,996 trilhões, como informado semana passada. São Paulo somou R$ 1,940 trilhão, seguido por Rio de Janeiro (R$ 659 bilhões), Minas Gerais (R$ 519 bilhões) e Rio Grande do Sul (R$ 382 bilhões). Os três Estados com menor atividade econômica foram Roraima (R$ 10,354 bilhões), Acre (R$ 13,622 bilhões) e Amapá (R$ 13,861 bilhões). Publicidade Anterior Rio terá 12 feriados prolongados em 2018: confira as datas Próxima Temer diz que apoia proposta que beneficia empreendedores sem dívidas tributárias Newsletter As principais notícias do dia no seu e-mail. Receber Já recebe a newsletter diária? Veja mais opções. Digite as letras da imagem: Receber TROCAR IMAGEM Quase pronto... Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter. Ocorreu um erro.Tente novamente mais tarde. Email inválido. {{mensagemErro}} Últimas de Economia Especial Publicitário Prev Next Em destaque agora no Globo Mais lidas O conteúdo do Globo é exclusivo para assinantes. Porém, você é nosso convidado para ler 20 matérias a cada 30 dias no site. Tenha acesso ilimitado Assine agora Já é assinante? faça login Versão Mobile Voltar ao topo © 1996 - 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
... ++ Mais

TAGS:

Pela primeira economia todos estados encolhe 2015 Jornal Globo Home menu Economia Economia para página Assuntos Destaque Aéreas oferecem troca voos para quem afetado greve Argentina União Europeia abre investigação contra Ikea causa impostos Publicidade destaque Pela primeira economia todos estados encolhe 2015 IBGE mostra primeiro recessão levou nove unidades federação queda maior recuo total brasileiro nesse Daiane Costa 16/11/2017 11:42 Atualizado 16/11/2017 15:52 Cédulas real Pixabay Publicidade primeiro recessão 2015 quando economia brasileira encolheu não poupou atividade nenhum estado brasileiro. acordo dados divulgados pelas Contas Regionais IBGE nesta quinta-feira pela primeira série histórica pesquisa iniciada 2002 houve queda volume todas unidades federação 2015. Mato Grosso (-03%) Roraima (-03%) Tocantins (-04%) tiveram menores quedas enquanto Amapá (-55%) Amazonas (-54%) Grande (-46%) tiveram reduções mais acentuadas. atividade Janeiro encolheu 28%. Nove estados tiveram queda maior seja acima resultado geral para país naquele ano: Maranhão São Paulo Pernambuco Santa Catarina Goiás Minas Gerais Grande Amazonas Amapá. queda economia brasileira espalha todas unidades federação. Esse resultado inédit

HTML Box Comentário está carregando comentários ...