free website hit counter

AJUDE - AÇÕES


[$$ COMPRE BITCOIN E OUTRAS MOEDAS DIGITAIS COM CARTÃO DE CRÉDITO $$]

Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Acao De Pms Para Resgatar Criancas Raptadas Em Van E Considerada Exemplar


Fonte: https://oglobo.globo.com/rio/acao-de-pms-para-resgatar-criancas-raptadas-em-van-considerada-exemplar-2-21699038


Voltar

Ação de PMs para resgatar crianças raptadas em van é considerada exemplar - Jornal O Globo Home menu Rio Rio Ir para a página Assuntos em Destaque Romário se envolve em acidente de trânsito na Barra da Tijuca Dois cafés e a conta com Vera Lúcia Harouche Publicidade Em destaque Ação de PMs para resgatar crianças raptadas em van é considerada exemplar Agentes que localizaram veículo em São Gonçalo tiveram dia de heróis Reconhecimento. Cabo Renan e soldado Azevedo resgataram crianças sem troca de tiros - Fabiano Rocha / Agência O Globo por Geraldo Ribeiro 12/08/2017 4:30 / Atualizado 12/08/2017 8:21 Reconhecimento. Cabo Renan e soldado Azevedo resgataram crianças sem troca de tiros - Fabiano Rocha / Agência O Globo Publicidade RIO - Um bebê de um ano e meio, sonolento, de chupeta, lutava contra o sono no colo da mãe. A cena corriqueira chamava nesta sexta-feira a atenção pelo cenário inesperado: a delegacia de polícia de Neves, em São Gonçalo. Assim como o pequeno Arthur, que morreu há menos de duas semanas, exatamente um mês depois de ter sido baleado ainda na barriga da mãe, na Favela do Lixão, o menino que tentava dormir em meio à agitação de PMs, alheio ao drama que tinha acabado de protagonizar, era outra pequena vítima da violência do Rio. A criança estava junto de um colega, de 2 anos e meio, a caminho da creche, por volta das 6h20m da manhã, quando a van que o transportava foi interceptada por cinco bandidos, pelo menos um deles com um fuzil nas mãos. Não deu tempo para o motorista retirar os passageiros, presos às cadeirinhas. "Foi desesperador", contou Josedir Cordeiro. Veja tambémO assalto tinha tudo para terminar em tragédia. Os homens que roubaram a van escolar haviam tentado, momentos antes, invadir o Morro Marítimo, no Barreto, em Niterói. Trocaram tiros com traficantes do local, deixando em pânico moradores da comunidade. Sem conseguir tomar a favela, fugiram. Roubaram um carro, um Doblô, que, por coincidência, também é usado para fazer transporte escolar, na Rua Doutor Luiz Palmier, no Barreto. Disseram para a motorista, Bárbara Souza, desembarcar, avisando que o seguro pagaria o veículo que eles estavam levando. - Eu estava parando para pegar uma criança, que viu quando os bandidos me renderam e correu para dentro de casa - contou Bárbara. Um quilômetro adiante, os criminosos bateram com o carro num poste. Já estavam na Rua Doutor March, por onde passava a van dirigida por Josedir. Foi o primeiro carro que os bandidos avistaram. E foi ele que atacaram. A polícia foi logo acionada. Começava um cerco para tentar resgatar as duas crianças. Até mesmo vans escolares - um motorista avisou a outros que vira um veículo de porta aberta, com bebês dentro, sendo sequestrados - , percorreram ruas do bairro tentando localizar o carro dirigido pelos bandidos. - Recebi a informação de que uma van havia sido levada por elementos de fuzil, com duas crianças em seu interior. Passei a informação para o batalhão e avisei outras viaturas. Iniciamos o cerco - disse o cabo Antônio Ricardo Azevedo, de 35 anos, há 11 na PM Alçado nesta sexta-feira ao posto de herói, Azevedo foi o primeiro a chegar ao Morro do Pereirinha, em São Gonçalo, onde a van foi abandonada de portas abertas, uma hora após o sequestro. As crianças estavam dentro do carro. Quietas. Ilesas. - Eu perguntei o nome, se estava tudo bem. Disse 'o tio vai botar o cinto de segurança em vocês', mas elas não falam - contou o cabo Azevedo. Segundo ele, a grande preocupação foi evitar uma troca de tiros: Publicidade - Vimos muitos elementos com armamento pesado. Mas evitamos confronto e conseguimos resgatar as crianças. Foi emocionante encontrá-las - contou ele, pai de um menino de 7 anos. O soldado Renan Cabral de Oliveira, de 28 anos, o outro PM que participou da ação, disse que sua alegria foi ainda maior por saber que devolveu sãs e salvas as duas crianças aos pais, perto de uma data comemorativa importante para as famílias. - É como se eu tivesse recebido um presente de Dia dos Pais também - afirmou o soldado, que tem dois filhos, de 3 e 8 anos. A ação dos PMs, que usaram um blindado na ação, foi elogiada pelas famílias das pequenas vítimas. Logo depois do desfecho feliz do caso, a mãe de um dos bebês, a professora Vivian Oliveira, desabafou durante uma entrevista: - Diante da desvalorização tremenda que a gente está tendo dos nossos policiais, eu agradeço imensamente ao policial Azevedo e ao policial Renan, porque eles fizeram um trabalho perfeito. Se não fossem eles, eu não sei que entrevista eu estaria dando para vocês agora. Então, agora eu posso dar entrevista e terminar sorrindo. Mas eu não sei, se não fossem os dois, o que seria. Peço a Deus e a quem possa valorizar o trabalho dos policias, que valorize, porque a gente precisa deles a todo momento. Os policiais aproveitaram o momento de notoriedade: - É muito bom receber esse elogio. Como todos veem, a polícia está sendo massacrada por parte da sociedade e quando a gente acerta quer também receber elogio - disse o cabo Azevedo. Segundo a delegada Carla Conceição, da 73ª DP (Neves), os bandidos já estão sendo identificados e terão a prisão pedida à Justiça. Depois do drama, Vivian fez um balanço de como agirá daqui para a frente, após o susto. Para ela, a violência do Rio não pode paralisar a vida: - O que a gente faz com tanta violência? Ficamos em casa, paramos de trabalhar? Não quero absorver essa energia negativa, porque ele vai ter que
... ++ Mais

TAGS:

Ação para resgatar crianças raptadas considerada exemplar Jornal Globo Home menu para página Assuntos Destaque Romário envolve acidente trânsito Barra Tijuca Dois cafés conta Vera Lúcia Harouche Publicidade destaque Ação para resgatar crianças raptadas considerada exemplar Agentes localizaram veículo São Gonçalo tiveram heróis Reconhecimento. Cabo Renan soldado Azevedo resgataram crianças troca tiros Fabiano Rocha Agência Globo Geraldo Ribeiro 12/08/2017 4:30 Atualizado 12/08/2017 8:21 Reconhecimento. Cabo Renan soldado Azevedo resgataram crianças troca tiros Fabiano Rocha Agência Globo Publicidade bebê meio sonolento chupeta lutava contra sono colo mãe. cena corriqueira chamava nesta sexta-feira atenção pelo cenário inesperado: delegacia polícia Neves São Gonçalo. Assim como pequeno Arthur morreu menos duas semanas exatamente mês depois sido baleado ainda barriga mãe Favela Lixão menino tentava dormir meio agitação alheio drama tinha acabado protagonizar outra pequena vítima violência Rio. criança estava junto colega anos meio caminho creche volta 6h20m manhã quando transportava interceptada cinco bandidos pelo menos deles fuzil mãos. Não tempo para motorista retirar passageiros presos

HTML Box Comentário está carregando comentários ...